Nucleação

Na seleção de alunos regulares para ingresso em 2014, por exemplo, o Programa contou com a participação de candidato ao doutorado advindo da Região Norte e Nordeste.
 
Um número interessante de alunos especiais tem vindo às cadeiras do PPGCI / UFBA, oriundos dos estados do Pará, Amazonas e Roraima, evidenciando o alcance das ações e manifestando o papel do Programa no apoio para o desenvolvimento da pesquisa e ensino de caráter nacional.
 
Por meio de seu perfil oficial na rede social “Facebook”, em menos de um ano (que será mais destacado no campo “Visiblidade”), o PPGCI / UFBA tem contato com mais de 2.500 “amigos”, sendo muitos da região norte-nordeste do país e ligados a universidades e programas destes locais, a exemplo do PPGCI-UFPB, PPGCI-UFPE, UFAM, UFPA, UFCE, UFC-CARIRI, UFAP, UFRB, UFOB, UECE, UNILAB, UNIVASF, dentre outras.
 
Prosseguindo neste intento de contribuir coletivamente para o avanço da Ciência, o Programa tem mantido contatos com outros PPGs na busca de parceiros nacionais. Entre eles estão Programas da UNESP, UFPB, USP, UNIRIO, UEL, UFBA, UNEB, UFRGS, UFSC, UFMG, UFPE dentre outros, com a realização de disciplinas (já destacadas no campo específico), interação com os diversos grupos de pesquisa, realização de eventos nacionais e internacionais da área.
 
Além disso, é crescente a participação de docentes do PPGCI / UFBA em organizações como a CONFIBERCOM (Confederação Ibero-Americana das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação); ISKO (International Society for Knowledge Organization); EDICIC (Asociación de Educación e Investigación en Ciencia de la Información de Iberoamérica y el Caribe).
 
Em 2014, o PPGCI / UFBA avançou na realização de dois grandes eventos internacionais na área da Ciência da Informação, a saber, o III Colóquio “A medicina na era da informação” (MEDINFOR III) e III Colóquio Internacional da Rede MUSSI: As transformações do documento no espaço – tempo do conhecimento, ambos contando com parcerias nacionais e internacionais, a exemplo: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto / Portugal; Faculdade de Letras da Universidade do Porto / Portugal; Gabinete Português de Leitura / Bahia; CETAC.MEDIA  - Centre on Information and Communication in Technologically Mediated Contexts - Universities of Aveiro and Porto, Portugal; Associação dos Arquivistas da Bahia; LERASS - Laboratoire d'etudes et de recherches appliquées en sciences sociales  - Université de Toulouse / França.
 
O PPGCI / UFBA, continuou a colher frutos do curso de especialização em “Inovação, Tecnologia e Organização do Conhecimento”, organizado por docentes do PPGCI / UFBA, realizado em 2013 em parceria com o Sistema de Bibliotecas, a Coordenação de Desenvolvimento Humano e Pró-Reitoria de Desenvolvimento Pessoal, todos da Universidade Federal da Bahia; com a transmissão de saberes e fazeres em Arquivologia, Biblioteconomia e Documentação e Ciência da Informação, para o corpo de servidores da UFBA. Mais uma ação que denota a concepção clara do PPGCI / UFBA de que só se realiza verdadeiramente pesquisa, inovação desenvolvimento e divulgação acadêmico-científica com o contínuo investimento em qualificação de todos na Universidade.
 
Também se pretende ampliar as ações de colaboração com o PPGCI / UFPE e com a UFAM buscando-se o fortalecimento da área nas regiões Norte e Nordeste. Para além dessas ações de solidariedade, o PPGCI / UFBA passa a sentir necessidade de estender relacionamento com Programas da mesma área pertencentes a outras regiões do Brasil, a exemplo de perspectivas de atividades a serem realizadas em parceria com a Universidade Federal de Londrina, Universidade do Rio de Janeiro, Universidade de Minas Gerais, Universidade Federal do Espírito Santo e Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
 
Nesse campo de ação, já se encontra prevista a realização do II Encontro de Arquivos, Bibliotecas e Museus: realidades de Portugal e do Brasil em 2015 (ABM), pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Paraíba, mantendo a parceria com o PPGCI / UFBA, por ter sido esse Encontro promovido pela primeira vez pelo PPGCI / UFBA, tendo sido idealizado pelo G-Acervos, grupo liderado pela Profª. Drª. Zeny Duarte e, aprovado como evento circular a ser realizado a cada dois anos na ambiência de Programas de Pós-Graduação de outras universidades do Brasil, mantendo a parceria com o PPGCI / UFBA e a Universidade do Porto, Portugal. A cada quatro anos, o ABM retornará ao PPGCI / UFBA, para ser realizado em sua casa de origem.
 
O PPGCI / UFBA vem mantendo ciclos de homenagens aos antigos mestres da graduação, pelo reconhecimento do legado por eles deixados as áreas da Arquivologia, Biblioteconomia e Ciência da Informação. Essa é uma forma de resgate da memória da instituição, desde os tempos da Escola de Biblioteconomia até o atual momento do ICI / UFBA. Na primeira realização do Colóquio Internacional A Medicina na Era da Informação (MEDINFOR), os professores Eurydice Pires de Santana, Roberto Santos e Rodolfo Tavares receberam homenagens, tanto por exposição oral quanto por escrito na apresentação do livro-coletânea A medicina na era da informação, sob a organização da Profª. Drª. Zeny Duarte. Na segunda edição desse mesmo evento, a Profª. Maria José Rabello de Freitas foi a homenageada, com discurso oral proferido pelo Prof. Edivaldo Machado Boaventura, evento realizado pela e na Universidade do Porto em parceria com o PPGCI / UFBA. No Encontro de Arquivos, bilbiotecas e Museus, a homenagem foi dedicada a Profª. Drª. Ângela Maria Barreto (em memória). O MEDINFOR III, 2014, as homenagens foram concedidas aos seguintes professores: Esmeralda de Aragão (UFBA), Eliane Azevedo (UFBA), Armando Malheiro (Universidade do Porto) e Daniel Serrão (Universidade Católica portuguesa).
 
- Nucleação:
 
A formação de doutores que desempenhem papel de destaque em outros cursos de PG ou em grupos de pesquisa ativos representa uma meta em constante processo pelo PPGCI/UFBA. No entanto, nota-se o paulatino  crescimento da interlocução entre os grupos de pesquisa liderados por docentes do PPGCI / UFBA com grupos instalados em outros programas, bem como a participação de docentes e discentes em grupos de pesquisa nacionais.
 
A Profª. Drª. Aida Varela Varela compõe o grupo de pesquisa “Estudos de Competência em Informação”, liderado pela Profª. Drª. Elmira Simeão, da UnB em convênio com a Universidade Complutense de Madri, na figura da Profª. Drª. Arurora Cuevas.

A Profª Drª Maria Isabel de Jesus Sousa Barreira compõe o Grupo de Pesquisa  “Representação temática da informação em Arquivística”, da Universidade Federal da Paraíba.
 
No mesmo sentido, a Profª Drª Maria Teresa Navarro de Britto Matos participa do grupo de pesquisa “Fundamentos históricos, epistemológicos e teóricos da Arquivologia”, sediado na Universidade de Brasília.
 
A Profª Drª Zeny Duarte compõe também o grupo de pesquisa Acompanhamento e Avaliação de Políticas Públicas”, da Universidade do Estado da Bahia.

A docente colaboradora do PPGCI / Ufba, Profª Isa Maria Freire, além dos grupos de pesquisa que participa em sua instituição de origem e das atuações nos grupos de pesquisa deste Programa, compõe também os seguintes grupos: “Teoria, Epistemologia e Interdisciplinaridade em Ciência da Informação”, “Filosofia e Política da Informação” (ambos no IBICT) e “Estudos de Competência em Informação”, da UnB.
 
Quantos aos doutorandos que participam de grupos de pesquisa de outras instituições, segue relação abaixo:

Elieny do Nascimento Silva – grupo “Da informação ao conhecimento”, Universidade Federal da Paraíba.

Jonathas Luis Carvalho Silva – grupo “Epistemologia e Políticas de Informação”, Universidade Federal da Paraíba.
 
Márcio Bezerra da Silva -  grupo “Leitura, organização, representação, produção e uso da informação”, Universidade Federal da Paraíba.

Martha Suzana Cabral Nunes – grupos “Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Administração Pública – NEIAP” e “Grupo de Pesquisas e Estudos em Representação do Conhecimento e Tecnologias da Informação e Comunicação (GPERTIC)”, ambos na Universidade Federal do Sergipe.

Cleyciane Cássia Moreira - grupos “Informação, Cidadania e Memória”, “Grupo de Estudos Formando Competências, Construindo Saberes e Formando Cientistas (GEINCOS)”; “Núcleo de Estudos e Pesquisas em Informação, Educação e Relações Etnicorraciais”, “Informação, Cultura, Imagem e Memória”, todos da  Universidade Federal da Paraíba.
 
Aurora Leonor Freixo – grupo “Pesquisa Políticas Públicas Arquivísticas”, registrado no CNPq. Linha de pesquisa: “Arquivos, Arquivologia e Sociedade”, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Objetivo: Identifica os arquivos e a Arquivologia como processos e produtos histórico-sociais, buscando-se analisá-los nas suas dimensões contemporâneas. Os arquivos são reconhecidos como fontes de transformação social, uma vez que seus conteúdos favorecem o acesso a direitos coletivos e individuais e ao estabelecimento de deveres e de ordenamentos sociais. Devidamente gerenciados e socialmente disponíveis, os arquivos provocam e são influenciados por novas e frequentes representações e demandas sociais. São também estudadas as configurações epistemológicas contemporâneas da Arquivologia e suas interlocuções com outros campos científicos. Tais diálogos requerem da Arquivologia não apenas intensificar e renovar os diálogos com História, o Direito e a Administração, mas também a ampliá-los em direção à Ciência Política, Sociologia, Antropologia, Políticas Públicas, Informática, Educação, Ciência da Informação, Estudos da Memória e do Patrimônio, etc.
 
A Profª. Drª. Zeny Duarte coordena os grupos de pesquisa  “Grupo de Estudos, Extensão e Pesquisa em Arquivologia e Saúde (GEPAS)”, e “Acervos manuscriptológicos, bibliográficos, iconográficos, etnográficos: organização, disseminação da informação, estudos aplicados a manuscritos, estudos biográficos e memorialistas, preservação e resgate de acervos históricos e tecnologia da informação. (G-Acervos)”com atividades  realizadas, dentre outros locais, no acervo do Arquivo Histórico da Faculdade de Medicina da Bahia (FMB) / UFBA, desenvolvido no próprio espaço da Antiga Faculdade localizado no Terreiro de Jesus, oportunizando a interdisciplinaridade entre as áreas da Ciência da Informação e Medicina e, ainda, promovendo realizações de estudos sob a interação de discentes e docentes da graduação e pós-graduação do PPGCI / UFBA, ICI / UFBA e FMB / UFBA.
 
No âmbito local destaca-se, ainda, o tear de parcerias que vem sendo construído por meio da inserção do Prof. Dr. Roque Pereira da Silva (UNEB) nas atividades acadêmicas do PPGCI / UFBA, e trabalhos em comum desenvolvidos junto ao já cotadp Grupo de Pesquisa “Acompanhamento e Avaliação de Políticas Públicas”, da Universidade do Estado da Bahia, segunda universidade pública mais antiga deste estado. Com a parceria com o Prof. Roque da Silva, abre-se um leque de oportunidades de indução do fazer científico na sociedade, haja visto que o referido docente atua também profissionalmente como Auditor Fiscal do Estado da Bahia, podendo assim vir a ser uma ponte de interlocução desse importante órgão estatal com o PPGCI / UFBA, na realização de estudos e eventos.