Histórico

A origem da Pós-Graduação nesta instituição é peculiar a uma área em vias de crescimento e evolução. A EBD/UFBA, buscando o fortalecimento da área, em 1995, instalou o Mestrado em Informação Estratégica, num processo compatível com o atual MINTER, em convênio com a Universidade de Brasília (UnB), alcançando, desse modo, novo patamar acadêmico: a pós-graduação stricto sensu. Com a instauração do ICI/UFBA, no dia 12/3/1998, em substituição à EBD/UFBA, o desafio foi oferecer respostas às questões emergentes sobre a área em foco, como ramo do conhecimento, contribuindo com estudos e pesquisas sobre renovados conteúdos programáticos e à formação de pessoas para atender a demanda da sociedade por profissionais alinhados com as visões, conceitos e o papel proeminente da informação a serem alcançados como elemento agregador de valor econômico e fator de desenvolvimento organizacional e social. Neste sentido, o estabelecimento do ICI/UFBA consolidou e ampliou a estrutura e a lógica que vinha sendo concebida desde a EBD/UFBA, com a reformulação do curso de Biblioteconomia e Documentação, em 1996, a criação do curso de Arquivologia, em 1998, e a implantação do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFBA), também no ano de 1998.
 
No decorrer dos anos, os docentes do ICI/UFBA ingressaram em seu próprio curso de Mestrado e, prosseguindo no plano de qualificação, já mestres, ingressaram em programas de pós-graduação de doutorado nas áreas da Ciência da Informação, Educação, Filosofia, Comunicação, Letras, Administração, entre outras, fazendo valer o que era urgente: o fortalecimento do PPGCI/UFBA, que já se mantinha independente do MINTER com a UnB, e já respondia com a maturidade iniciada a partir da estruturação do projeto de Mestrado em Ciência da Informação recomendado, em 2001, pela CAPES e em 2011 foi aprovado o curso de Doutorado. Atualmente este Programa apresenta-se avaliado pela CAPES com o conceito 4 e muitos avanços sendo concretizados. Após esforços concentrados no desenvolvimento deste Programa, pode-se, em anteriores relatórios enviados à CAPES, verificar a caminhada em renovação e avanço do PPGCI/UFBA, com destaques de itens concernentes aos debates internos e compartilhados com outros PPGCIs do Brasil.